"Damos voz a quem sabe!"


 

"Senti que deveria encontrar um nome que espelhasse o meu imaginário artístico, que quando ouvido, pudesse criar imagens na cabeça das pessoas. A conotação dos sapatos vermelhos tem muito a ver com a minha personalidade. E as referências como o filme “Red Shoes” ou “Feiticeiro de Oz” foram determinantes nesta escolha. Os sapatos vermelhos têm super poderes e também nos levam a casa."