Registos da caminhada interpretativa de combate às plantas invasoras, realizada ontem, ao longo do PR6 – Caminho do Xisto de Porto de Vacas.
A atividade foi dinamizada ao abrigo do projeto de educação ambiental “Descobrir e Valorizar o Açor” e contou com o acompanhamento de Luiz Alves, Investigador do Departamento de Geografia e Turismo da Universidade de Coimbra.
 Está já agendada para o próximo sábado, dia 19 de junho, uma nova caminhada interpretativa guiada, ao longo do PR2 PPS – Caminho do Xisto de Fajão – Voltinhas do Ceira, destinada a turistas, visitantes e população residente. Os objetivos principais desta iniciativa são a interpretação do património natural oferecido pelo percurso, a demonstração e análise da evolução da paisagem e da ocupação do território, refletir sobre a importância de endemismos (como o azereiro – Prunus Lusitanica) e consciencializar para a conservação dos recursos hídricos.

 

0
0
0
s2sdefault