Arganil atribui medalha de Ouro a Ana Abrunhosa Ministra da Coesão Territorial

Segundo notícias do Correio da Beira Serra, a Assembleia Municipal de Arganil aprovou em segunda votação, por maioria (25 votos a favor, 3 votos contra e 4 brancos) a atribuição da Medalha de Ouro do Concelho à actual Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, pelo seu desempenho, enquanto presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDR), na recuperação do concelho após os incêndios de 2017. No entanto a moção, teve de ser votada duas vezes, visto que na primeira votação obteve apenas 23 votos que não correspondiam aos 2/3 exigidos em Assembleia Municipal para ser aprovada. A entrega será realizada hoje segunda-feira, 7 de Setembro, data em que se comemora o Feriado Municipal, com a governanta a presidir à sessão solene.

É pelo papel determinante e entrega pessoal durante o processo de recuperação dos incêndios de 2017, enquanto presidente da CCDR”, justifica Luís Paulo Costa. O autarca explica, em comunicado, que o Município propôs atribuição desta Medalha de Ouro – assim como outras – à Assembleia Municipal de hoje porque (…) “não foi possível a deliberação por unanimidade de todos os membros da Câmara Municipal, uma vez que um dos vereadores abandonou a reunião de câmara, deixando de participar nos trabalhos”, pelo que a proposta terá que ser deliberada pela Assembleia Municipal através de voto secreto.

Ana Abrunhosa tem sido agraciada com várias distinções pelos vários concelhos do Centro, apesar de algumas vozes contestatárias , como a do movimento MAVIM (Movimento Associativo Apoio Vítimas Incêndio Midões), defendem que a mesma  não os deveria aceitar enquanto responsável na CCDR. Mesmo assim, foi homenageada, por exemplo, em Poiares, Tondela, Mortágua, Tábua e Oliveira do Hospital.

0
0
0
s2sdefault